30 de abr de 2011

Bom demais.

Na primeira vez que te vi você nem me interessou;
Na segunda me deu algum tipo de impressão
e já na terceira não havia percebido o quanto 
você me consumia.
Não foi recíproco,e geralmente é.
Manias,olhares,sorrisos e respostas,tem algo melhor do que
reparar isso em você?!
Fui me acostumando,até que não consegui mais. 
Falei!
Berrei em minha mente o quanto eu gostava de você,e
quando eu fico dias sem saber algo teu,eu enlouqueço.
Teu abraço tão sem jeito é
um dos teus melhores carinhos.
Apenas queria dizer a você que eu sou
assim mesmo. 
Uma chata. Porém,uma das pessoas mais 
verdadeiras que tu pode ter conhecido,não
gosto de me gabar,mas estou dizendo a verdade.
Mas porque de tantas surras sentimentais?
Nunca havia tocado nisso até hoje...
Uma hora você é o interessante e em outras
é o interessado.É estranho.
Desejo que um dia,todos nós podemos encontrar
aquilo que nos falta.E menos egoísmo,por favor.

Um comentário:

  1. Lindo texto , mas sou favor da ideia que devemos encontrar aquelo que nos soma/ nos completa pq nascemos interemos não nos falta nada . Mas lógico que somos muito melhores acompanhados de outros nos apoiando e tudo mais , e não se acha chata por dizer o que pensa o mundo ta de fato precisando de pessoas mais assim verdadeiras com seus sentimentos :)


    http://conflitopsiquico.blogspot.com

    ResponderExcluir