13 de jul de 2010

blá blá blá

Quando eu era criança juro que sonhava com o tal do Príncipe encantado,bobagem né? com o tempo nós percebemos que não existe a pessoa perfeita e sim,aquela que se encaixa no nosso conceito de ''perfeito'',as pessas em nossa volta vivem em constante transformação. Eu passei por isso,um dia eu era uma filha quieta,no outro tinha virado uma ''rebelde'' pode se dizer assim..Mas isso não tem nada a ver.
Conheci muitas pessoas,e garotos,mas quase nenhum deles me agradou,todos tinham algo chato,sem graça pra passar pra mim,mas aí eu conheci um sensacional,mas como sempre eu deixei escapar,mas isso é outra história. Acontece que nada é pra sempre,amizades,namoros,promessas,eu aprendi que é passageiro,e que o que fica é a experiência que essas pessoas nos passaram,boas ou ruins,aprendemos lições valiosas que podem ser muito importantes para o nosso futuro,mas é a gente que decide como usar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário